Guedes precisa de coragem e transparência para bancar ideias impopulares

Carla Araújo para Uol – 22/11/2020
Entre recuos e confissões, o ministro da Economia, Paulo Guedes, tem ampliado a desconfiança em relação a sua credibilidade de seguir os planos da agenda liberal e, mais ainda, de apresentar soluções fiscais que garantam o mínimo de transparência aos investidores e à população.

Para o especialista em Direito Tributário da consultoria LacLaw, Paulo Henrique Rodrigues Pereira, a insegurança sobre a possibilidade de o governo manter estáveis as despesas e a resistência do presidente Bolsonaro em admitir falar de novos impostos criam um ambiente de tensão entre os atores do governo.

“O governo vai ter coragem de admitir e lutar por um aumento de arrecadação”, afirma, salientando que é preciso enfrentar a necessidade das reformas e também tirar do papel de verdade as privatizações.

Pereira defende a continuidade do auxílio emergencial, mas diz que ela tem que vir acompanhada de uma solução fiscal. “A extensão do auxílio emergencial deve resultar em alta de imposto e governo precisa explicar isso para a sociedade”, diz.

Leia a matéria completa em: https://bit.ly/3yw6ZFB

Logo Unisales