Bolsonaro pode cometer pedalada ao usar Fundeb e precatório em Renda Cidadã

Carla Araújo para Uol com Guilherme Mazieiro e Luciana Amaral – 28/09/2020

A PEC do Pacto Federativo, que receberá a previsão do novo programa social do presidente Jair Bolsonaro, tem um dispositivo que estabelece que as despesas (inclusive as obrigatórias) se sujeitam à disponibilidade (autorização) orçamentária.

Para o advogado tributarista, Paulo Henrique Rodrigues Pereira, sócio da consultoria LacLaw, a proposta do governo dá sinais de esgotamento antes mesmo de nascer.

“Baseada em duas ideias de legalidade bastante discutíveis, a solução para o financiamento do programa carece de melhor ponderação, já que ainda não temos a resposta sobre qual seria o impacto no teto de gastos e como o dinheiro sairia de rubricas legalmente vinculadas”, disse à coluna. “Vale aguardar os próximos capítulos para avaliarmos se essa é apenas mais um balão de ensaio do governo”, completou.

Leia a matéria completa em: https://bit.ly/3yuKrVK

Logo Unisales